A Relação entre a Escala e o Custo Médio por Aluno no Ensino Superior Privado de Belo Horizonte

Autores

  • Carlos Alberto de Souza

Palavras-chave:

Escala, Custo médio, Ensino superior

Resumo

    Este trabalho tem como principal objetivo verificar se existem economias de escala na atividade privada de ensino superior de Belo Horizonte. Desenvolveu-se uma pesquisa bibliográfica e documental, concluindo com a análise dos dados a partir de dois efeitos: (a) o efeito-escala, pressupondo-se uma mesma estrutura organizacional, e; (b) o organizacional, considerando-se a Faculdade, o Centro Universitário e a Universidade. As conclusões do estudo indicam que com relação ao efeito-escala, os valores dos custos médios por aluno apresentaram-se decrescentes a partir do aumento da escala do estabelecimento, indicando a presença de economia de escala. Quanto ao efeito organizacional percebeu-se que o custo médio por aluno se elevou na ocasião da mudança estrutural entre Centro Universitário e Universidade, entretanto demonstrando a sua redução quando se aumentou a escala na Universidade, indicando, novamente, a presença de economia de escala. Por fim, este trabalho evidenciou a possibilidade de se avaliar a relação entre a escala e o custo médio por aluno de uma instituição de ensino superior de cunho privado, de forma a produzir que resultem em um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis e em uma maior eficiência na alocação dos mesmos.

Downloads

Publicado

2009-05-08

Como Citar

DE SOUZA, C. A. A Relação entre a Escala e o Custo Médio por Aluno no Ensino Superior Privado de Belo Horizonte. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 111-132, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/300. Acesso em: 24 nov. 2020.