A Logística no Comércio Eletrônico de uma Livraria Brasileira

Autores

  • Naldo Ferreira Alves
  • Carlos Hideo Arima

Palavras-chave:

Logística, Logística Empresarial, Comércio Eletrônico, E-commerce

Resumo

   O mundo vem assistindo, nos últimos anos, a uma revolução nas comunicações com a propagação nas empresas, lares, escolas, dentre outros, da rede mundial de computadores, a Internet. Com a facilidade da comunicação, as empresas perceberam que poderiam tirar proveito dessa, exercendo o comércio em moldes diferentes do tradicional: à distância e sem contato direto com os clientes.

   A logística, tida como ramo da ciência militar, foi encampada pelas empresas em seus estudos que passaram a chamá-la de logística empresarial.

  Este trabalho tece considerações acerca de aspectos históricos da logística, seu desenvolvimento e os desafios para satisfazer as necessidades do e-commerce.

O comércio eletrônico é exercido em três modalidades:

a) B2B – business to business, ou comércio entre empresas;

b) B2C – business to consumer, ou comércio entre empresa e consumidor;

c) C2C – consumer to consumer, ou negócio entre consumidores.

O trabalho inclui um estudo de caso de uma livraria tradicional no comércio de livros, CDs de música, fitas de vídeo VHS e softwares, como forma de confrontar os dizeres da literatura com a realidade de uma empresa que vivencia as particularidades do e-commerce, da logística e outros mais que circundam os temas.

Downloads

Publicado

2009-05-06

Como Citar

ALVES, N. F.; ARIMA, C. H. A Logística no Comércio Eletrônico de uma Livraria Brasileira. Contabilidade Vista & Revista, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 91-110, 2009. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/252. Acesso em: 27 nov. 2022.