O DIABO VESTE PRADA - E É MINHA CHEFE: RESENHA FÍLMICA SOBRE SOFRIMENTO NO TRABALHO

Maurício Donavan Rodrigues Paniza, Gustavo Adolfo Ramos Mello Neto

Resumo


Este trabalho é uma resenha do filme O Diabo Veste Prada, cuja narrativa pode ser compreendida à luz dos mecanismos psíquicos atuantes sobre os sujeitos nas organizações. O aporte teórico para a análise veio da Psicologia, especialmente da Psicopatologia do Trabalho. A análise crítica do filme mostrou que a nova experiência de trabalho da protagonista como assistente da editora-chefe de uma revista de moda fez com que ela se deparasse com o conflito entre a organização do trabalho prescrita (o emprego pelo qual ‘todas garotas dariam a vida’, que lhe traria crescimento e reconhecimento) e a organização do trabalho real (marcada por uma chefe hostil, insensível, e pela renúncia de sua vida pessoal e de sua mesmidade). No filme, o desfecho mostra que a personagem conseguiu perceber as possíveis consequências da renúncia a si própria e aos seus princípios, mas muitos trabalhadores da vida real não conseguem.


Palavras-chave


sofrimento; trabalho; Psicopatologia; O Diabo Veste Prada; resenha fílmica

Texto completo:

PDF

Referências


DEJOURS, C.. Uma nova visão do sofrimento humano nas organizações. In: CHANLAT, J.-F. (Coord.). O indivíduo na organização. Dimensões esquecidas. São Paulo: Atlas, 1996. v. 1, p. 149-173.

DEJOURS, C.; MELLO NETO, G. A. R. Psicodinâmica do trabalho e teoria da sedução. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 17, n. 3, p. 363-371, jul./set. 2012.

ENRIQUEZ, E. A organização em análise. Petrópolis: Vozes, 1997. 302 p.

IPIRANGA, A. S. R. A narração fílmica como instrumento da ação formativa: um enfoque semiótico. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 12, n. 32, p. 143-164, jan./mar. 2014.

KERNBERG, O. F. Ideologia, conflito e liderança em grupos e organizações. Porto Alegre: Artmed, 2000. 312 p.

KETS DE VRIES, M. F. R. K.; MILLER, D.. Relações de transferência na empresa: confusões e atritos no processo decisório. In: CHANLAT, J.-F. (Coord.). O indivíduo na organização. Dimensões esquecidas. São Paulo: Atlas, 2004. v. 2. p. 103-121.

MENDES, L.; CHAVES, A. J. A.; SANTOS, M. C.; MELLO NETO, G. A. R. Da arte ao ofício: vivências de sofrimento e significado do trabalho de professor universitário. Revista Mal Estar e Subjetividade, Fortaleza, v. 7, n. 2, p. 527-556, set. 2007.

O DIABO veste Prada. Produção de Wendy Finerman. Los Angeles: Century Fox Film Corporation, 2006. 1 DVD (109 minutos): DVD, NTSC, son., color. Legendado. Port.




DOI: http://dx.doi.org/10.25113/farol.v2i5.3126

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade



Classificação de Periódicos Qualis/CAPES (2013-2016)

 

Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo – B4
Biotecnologia – C
Ciências Ambientais – B4
Comunicação e Informação – B5
Educação – C
Engenharias III – B5
Geografia – B4
Interdisciplinar – B4
Planejamento Urbano e Regional / Demografia – B4
Psicologia – B3
Sociologia – B5


ISSN 2358-6311

 

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional