DIÁLOGOS E TRABALHO EM REDES EM BUSCA DE INCLUSÃO SOCIOPRODUTIVA, CIDADANIA E RECONHECIMENTO: A EXPERIÊNCIA DE CATADORES DE RECICLÁVEIS NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE

Carlúcia Maria Silva

Resumo


O presente trabalho discute o trabalho organizativo em rede de catadores e catadoras de materiais recicláveis da Região Metropolitana de Belo Horizonte. As reflexões aqui apresentadas resultam de acompanhamento a grupos de catadores organizados em associações e cooperativas, da participação em audiências públicas e outros eventos apoiados pelas parcerias construídas. Os resultados apontam processos organizativos e políticos que possibilitaram ganhos econômicos e não-econômicos, tais como a (re)construção de vínculos sociais rompidos, a construção de novas sociabilidades, a elevação da autoestima e a consciência do direito a ter direitos. Apontam também a necessidade do fortalecimento da luta política pela consolidação da coleta seletiva e da reciclagem solidária, face às tecnologias como a incineração.


Palavras-chave


Trabalho; Catadores de recicláveis; Processos organizacionais; Cidadania; Reconhecimento.

Texto completo:

PDF

Referências


BHOWMIK, S. As cooperativas e a emancipação dos marginalizados: estudo de caso de duas cidades na Índia. In: SANTOS, B. S. (Org.). Produzir para viver: os caminhos da produção não capitalista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. 2002, p. 369-400.

BRASIL. Decreto n. 7.404, de 23 de dezembro de 2010. Regulamenta a Lei no 12.305, de 2 de agosto de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cria o Comitê Interministerial da Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Comitê Orientador para a Implantação dos Sistemas de Logística Reversa, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 23 dez. 2010b.Disponível em: Acesso em: 18 out. 2014.

BRASIL. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 03 de ago. de 2010c. Disponível em: http://www.planalto.gov. br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm>. Acesso em 12 set.2013.

BARROS, V. A.; PINTO, J. B. M. Reciclagem: trabalho e cidadania. In: KEMP, V. H.; CRIVELLARI, H. M. T. (Org.). Catadores na cena urbana: construção de políticas socioambientais. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p. 65-82.

CACCIAMALI, M. C. Globalização e processo de informalidade. Economia e Sociedade, Campinas, v. 14, n. 2, p. 153-175, ago. 2000.

CARDOSO, A. M. A construção da sociedade do trabalho no Brasil: uma investigação sobre a persistência secular das desigualdades. Rio de Janeiro: FGV, 2010. 464 p.

COTANDA, F. C. Trabalho, sociedade e sociologia. In: HORN, C. H.; COTANDA, F. C. (Org.). Relações de trabalho no mundo contemporâneo: ensaios multidisciplinares. Porto Alegre: UFRGS, 2011. 846 p.

CASTEL, R. As metamorfoses da questão social: uma crônica do salário. Petrópolis: Vozes, 1998. 611 p.

FREITAS, M. V. O.; NEVES, M. A. Cidade e trabalho: as experiências dos catadores de papel em Belo Horizonte. In: KEMP, V. H.; CRIVELLARI, H. M. T. (Org.). Catadores na cena urbana: construção de políticas socioambientais. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.. p. 83-108.

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Situação social das catadoras e catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis. Brasília: Ipea, 2013. Disponível em: http://www.ipea.gov. br/portal/images/stories/PDFs/situacao_social/131219_relatorio_situacaosocial_mat_reciclavel_brasil.pdf Acesso em 16 fev. 2014.

LAVINAS, L. Pobreza e exclusão: traduções regionais de duas categorias da prática. Revista Econômica, Niterói, v. 4, n. 1. p. 25-59, jun. 2002.

LEITE, M. P.; ARAÚJO, A. M. C. (Org.). O trabalho reconfigurado: ensaios sobre Brasil e México. São Paulo. Annablume/FAPESP, 2009. 304 p.

LEITE, M. P. Cooperativas e trabalho: um olhar sobre o setor de reciclagem e fábricas recuperadas em São Paulo. In: GEORGES, I. P. H; LEITE, M. P. (Org.). Novas configurações do trabalho e economia solidária. São Paulo: Annablume/FAPESP, 2012. p. 227-269.

MARQUES, E. Redes sociais, segregação e pobreza em São Paulo. São Paulo: UNESP/Centro de Estudos da metrópole, 2010. 215 p.

MARTINS, J. S. A sociedade vista do abismo: novos estudos sobre a exclusão, pobreza e classes sociais. 2. ed. Petrópolis: Vozes. 2002. 232 p.

PAULA, E. A História da COOPAMARE: dificuldades, lutas e conquistas dos catadores. In: SANTOS, M. C. L.; DIAS, S. L. F. G. (Org.). Resíduos sólidos urbanos e seus impactos socioambientais. São Paulo: IEE/USP, 2012. 82 p.

SAWAIA, A. B. Exclusão ou inclusão perversa? In: SAWAIA, A. B. (Org.). As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002. p. 7-13.

SILVA, C. M. Trabalho, cidadania e reconhecimento: a Rede CATAUNIDOS e o protagonismo sociopolítico de Catadores de Recicláveis na RMBH. 2014. 395 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

SILVA, C. M. Experiências de economia popular solidária na região metropolitana de Belo Horizonte: observações, percepções e papéis de agentes mediadores e de atores sociais. 2009. 189 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

SILVA, C. M.; OLIVEIRA, F. G. Participação dos Catadores de materiais recicláveis na política nacional de resíduos sólidos e seus desafios. In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE ESTUDOS DO TRABALHO, 7, 2013, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2013.

XAVIER, L.; WERNECK, J. Mulheres e trabalho: o que mudou para as mulheres negras no mercado de trabalho? In: VENTURI, G.; GODINHO, T. (Org.). Mulheres brasileiras e gênero nos espaços público e privado: uma década de mudanças na opinião pública. São Paulo: Fundação Perseu Abramo/SESC SP, 2013. p. 257-277.

WIRT, L. O urbanismo como modo de vida. In: VELHO, O. G. (Org.). O fenômeno urbano. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987, p. 97-113.




DOI: http://dx.doi.org/10.25113/farol.v2i5.3116

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade



Classificação de Periódicos Qualis/CAPES (2013-2016)

 

Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo – B4
Biotecnologia – C
Ciências Ambientais – B4
Comunicação e Informação – B5
Educação – C
Engenharias III – B5
Geografia – B4
Interdisciplinar – B4
Planejamento Urbano e Regional / Demografia – B4
Psicologia – B3
Sociologia – B5


ISSN 2358-6311

 

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional