PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SITUACIONAL: O CASO DA REESTRUTURAÇÃO DO HOSPITAL DE DOENÇAS TROPICAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

  • Waldecy Rodrigues Universidade Federal do Tocantins Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional
  • Carla Daniele Santos Universidade Federal do Tocantins Hospital de Doenças Tropicais
  • Diego Araújo Silva Universidade Federal do Tocantins Campus de Araguaína
  • Airton Cardoso Cançado Universidade Federal do Tocantins Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional
Palavras-chave: Planejamento Estratégico Situacional (PES), Hospital de Doenças Tropicais (HDT / UFT), Hospitais Universitários Federais

Resumo

A pesquisa objetiva aplicar o Planejamento Estratégico Situacional (PES) no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (UDT/UFT).   O HDT / UFT foi recentemente doado pelo governo estadual à universidade para gestão compartilhada com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Nesse sentido, apresentam-se considerações acerca da metodologia PES e os resultados obtidos na análise situacional, na formulação dos planos de ação junto aos atores envolvidos na gestão do hospital.

Biografia do Autor

Waldecy Rodrigues, Universidade Federal do Tocantins Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional

Professor Associado.

Pós Doutor em Economia (UnB)

Doutor em Estudos Comparados do Desenvolvimento (UnB).

Mestre em Economia (UnB) 

Graduado em Ciêncais Econômicas (PUC GO)

Carla Daniele Santos, Universidade Federal do Tocantins Hospital de Doenças Tropicais
Mestre em Gestão de Políticas Públicas (UFT)
Diego Araújo Silva, Universidade Federal do Tocantins Campus de Araguaína
Mestre em Gestão de Políticas Públicas (UFT)
Airton Cardoso Cançado, Universidade Federal do Tocantins Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional

Professor Adjunto.

Doutor em Administração (UFLA)

Publicado
2017-08-08
Seção
Artigos