Sobre a Revista

Foco e Escopo

Missão

A missão da Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde é disseminar o conhecimento científico na área de Administração, mais precisamente a Administração Hospitalar e o Setor Saúde.

Objetivo

O objetivo da revista é publicar e divulgar por meio Eletrônico, de forma gratuita, pesquisas teóricas e aplicadas que fomentam o conhecimento na área de Administração Hospitalar e do Setor Saúde. São priorizadas as pesquisas científicas elaboradas por professores e alunos de graduação e pós-graduação, pesquisadores e profissionais do Brasil e do Exterior com qualidade e efetiva contribuição para o desenvolvimento do conhecimento científico da área de Administração.

São cinco os requisitos para aceitação de submissões:

1º: Os artigos submetidos devem ser inéditos e não podem estar sob consideração para publicação em nenhum outro veículo de divulgação. Trabalhos publicados em anais de congressos são considerados, desde que estejam na sua forma final para publicação.

2º: Os artigos devem ser apresentados em língua portuguesa, inglesa ou espanhola.

3º: Os artigos devem estar de acordo com a linha editorial.

4º: Os artigos devem conter no máximo quatro autores.

OBS.: Todos os autores devem ser informados no momento da submissão. Não é aceita a inclusão de novos autores após o ínicio do processo de avaliação. 

5º: Os artigos devem atender aos critérios e características técnicas exigidas pela RAHIS. Lembrando que o estilo de citação e referências seguem o padrão ABNT. 

  

Processo de Avaliação pelos Pares

Fase 1: Após a submissão do artigo pelo (s) autor (es), é realizado pela Editoria uma avaliação para detecção de plágio, assim como uma avaliação em relação a não identificação de autoria. Caso o arquivo esteja dentro dos requisitos exigidos o artigo segue para a Fase 2, caso contrário o artigo não é aceito e o (s) autor (es) são notificados.

Fase 2: O artigo é examinado pelo Editor Científico quanto a sua adequação aos critérios da Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde. Nesta fase, caso o trabalho não atenda aos requisitos o mesmo não será recomendado para a fase seguinte e os autores serão informados.

Fase 3: O trabalho é encaminhado para, pelo menos, dois avaliadores ad hoc, mantendo-se em sigilo as credenciais do (s) autor (es), bem como a instituição de origem, durante todo o processo. É importante destacar que os avaliadores são escolhidos de acordo com seu conhecimento sobre o tema do estudo, priorizando aqueles que não possuem proximidade regional ou institucional com a autoria do artigo. A RAHIS realiza um processo de avaliação double blind review

Fase 4: Após o recebimento dos pareceres a Editoria Científica define sua decisão final em relação a publicação ou não do trabalho. Destaca-se que essa decisão final é tomada com base nos pareceres realizados pelos avaliadores ad hoc. Sendo que, em casos onde os pareceres possuem orientações distintas, é solicitado uma nova avaliação para um novo avaliador ad hoc.

Fase 5: A Editoria Científica informa o (s) autor (es) a decisão final. Em situações onde o parecer indica “não recomendação”, é encaminhado juntamente com a decisão final um relatório contendo os pontos avaliados e o motivo da não recomendação. Já em situações em que a decisão final é “recomendação com solicitação de ajustes” é encaminhado um relatório contendo todos os pontos que devem ser ajustados pelo (s) autor (es), assim como as orientações de prazo e forma de encaminhamento da versão atualizada do artigo. Neste caso, após o recebimento da versão atualizada a Editoria realiza uma nova avaliação. Caso o artigo apresente todas as alterações solicitadas é encaminhado para o processo editorial. Por fim, caso o parecer indique “recomendação” o (s) autor (es) são informados e o arquivo é encaminhado pela Editoria para o processo editorial.

Observações importantes:

1 - Os prazos de avaliação da RAHIS variam em função do tempo médio de resposta dos avaliadores ad hoc. Sendo estimado entre 30 e 150 dias para o resultado final da avaliação.

 2 – Os artigos são avaliados levando em consideração: a) Originalidade; b) Contribuição do artigo para o conhecimento; c) Problema de pesquisa e sua Relevância; d) Referencial Teórico; e) Hipóteses quando apresentarem; f) Metodologia; g) Resultados; h) Análise; i) Estrutura do texto.

3 – Toda a comunicação é realizada eletronicamente.

 

Periodicidade

Trimestral desde Janeiro de 2014

Política de Acesso Livre

Tanto a submissão de artigos quanto a publicação dos mesmos não implica em nenhum custo para os autores. 

Destaca-se também que a RAHIS oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público, sendo que os artigos disponibilizados pela RAHIS podem ser copiados, distribuídos, transmitidos ou adaptados desde que citado (s) o (s) nome (s) do (s) autor (es), nome da revista, a edição, o ano e as páginas nas quais o artigo foi publicado, não sugerindo que a RAHIS endosse a reutilização do artigo. 

Indexação

- Diadorim

- Latindex

- Livre - Revistas de livre acesso

- Períodicos de Minas

- Portal de Períodicos CAPES

- Spell

- Sumários.org

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________  Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde - RAHIS (e-ISSN: 2177-2754 e ISSN impresso: 1983-5205). Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais. Av. Antonio Carlos, 6627, Pampulha, Belo Horizonte - MG - Brasil. CEP: 31270-901. 

 Licença Creative Commons

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional