COOPERAÇÃO UNIVERSIDADE - INDÚSTRIA NO BRASIL:

suas características e desafios, a partir da PINTEC (2000 - 2017)

Autores

  • Pedro Faria Universidade Federal de Ouro Preto

DOI:

https://doi.org/10.29327/223163.9.1-1

Resumo

As universidades e instituições de pesquisa, são parte importante do sistema nacional de inovação, pois dão suporte às firmas, na construção de suas capacidades tecnológicas. Neste artigo, busco mostrar a evolução recente das interações entre essas instituições e a indústria no Brasil, através dos dados da PINTEC. Os dados mostram que o cenário enunciado pela literatura, se perpetua, onde há uma participação muito baixa dessas instituições no desenvolvimento tecnológico recente do país (menos de 3% das firmas inovadoras responderam que colaboraram com universidades). Por isso, discuto fatores que limitam essa cooperação e proponho algumas soluções. Dentre esses fatores temos: as políticas macroeconômicas, que tem afetado negativamente o desenvolvimento tecnológico e industrial do país; a falta de “diversidade” e uma visão de longo prazo nas políticas de CT&I atuais; a alocação de profissionais pós-graduados na economia; e a exclusão de grande parte da população à educação superior.

Downloads

Publicado

2021-08-18

Como Citar

FARIA, P. COOPERAÇÃO UNIVERSIDADE - INDÚSTRIA NO BRASIL:: suas características e desafios, a partir da PINTEC (2000 - 2017). Revista Multiface Online, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 05-36, 2021. DOI: 10.29327/223163.9.1-1. Disponível em: https://revistas.face.ufmg.br/index.php/multiface/article/view/6429. Acesso em: 17 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos