O Cinema da Contracultura na Guerra Fria e os Novos Paradigmas Socioculturais

Guilherme Fellipin dos Santos

Resumo


O presente trabalho propõe uma análise acerca do que foi a Contracultura em seu contexto de Guerra Fria, e associa os questionamentos e desconstrução de paradigmas sociais à produção artística do período, especificamente do cinema (na França e nos Estados Unidos). Busca-se expor esse fenômeno social nas obras dos cineastas e como elas próprias produziam esse efeito contracultural. 


Palavras-chave


Seculo XX, Guerra Fria, Cinema, Contracultura

Texto completo:

PDF

Referências


Astruc, A. (1948). La Camera Stylo. L'Écran Française.

Biskind, P. (2009). Como a geração Sexo, Drogas e Rock n' Roll salvou Hollywood'. Rio de Janeiro: Intrínseca.

Cousins, M. (2013). História do Cinema, dos classicos mudos ao cinema moderno. São Paulo: Martins Fontes.

Hobsbawm, E. (2013). Era dos Extremos. São Paulo: Companhia das Letras.

Sevcenko, N. (2012). A corrida para o século XXI. São Paulo: Companhia das Letras.

TIME . (1967). Hollywood: The Shock of Freedom in Films. TIME.

Truffaut, F. (1954). A certain tendency of the french cinema . Cahiers du Cinéma.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Multiface Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.