MÉTODOS DE CLASSIFICAÇÃO DO COMPORTAMENTO DOS CUSTOS E SEUS EFEITOS NOS INDICADORES OPERACIONAIS

  • Luiz Claudio Louzada Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG
  • Flávio Boldrini Mulinari Universidade Federal do Espírito Santo-UFES
  • Paulo Victor Gomes Novaes Universidade Federal do Espírito Santo-UFES
Palavras-chave: Classificação de custos, Comportamento dos custos, Função custo total

Resumo

Este trabalho teve por objetivo identificar as divergências entre os diversos critérios de classificação dos custos e despesas, quanto ao comportamento, e comparar os reflexos causados nas demonstrações de resultado, utilizando os dados gerenciais e de controle de custos; classificados pela percepção dos gestores de sete departamentos fins de um hospital, com uma série histórica de 72 meses que correspondem ao período entre os anos de2003 a2008. Trata-se de um estudo de caso único para avaliar as decisões dos gestores sobre a classificação dos custos. Dos dados fornecidos foram extraídos a receita total, o volume de atividade e os custos fixos e variáveis e totais por mês. Nesses dados foram aplicados os principais métodos de estimativa do comportamento dos custos (análise de contas, diagrama de dispersão, pontos alto e baixo e análise de regressão simples), para estimar uma função custo total para cada departamento. Os resultados mostraram que, nos departamentos cuja atividade é de alta complexidade, as funções apresentaram alta dispersão entre a percepção dos gestores (método análise de contas) e os demais métodos, e, consequentemente, reflexos nos indicadores operacionais e na demonstração de resultado. Assim, evidenciando que a percepção dos gestores sobre o objeto de custeio, quanto ao seu comportamento, pode não ser a mais adequada.

Biografia do Autor

Luiz Claudio Louzada, Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG
Professor assistente da Universidade Federal do Espírito Santo-UFES. Doutorando em Administração, linha de Finanças - CEPEAD/UFMG. Mestre em Ciências Contábeis (2004) pela Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças-FUCAPE. Especialista em Contabilidade Gerencial (2001) e Graduado em Ciências Contábeis (2000) pela Universidade Federal do Espírito Santo-UFES. Experiência profissional nas áreas de auditoria independente e Consultoria de grandes e médias empresas. Atuou como Controller do Hospital Santa Rita de Cássia.
Publicado
2018-02-20
Seção
Artigos