[1]
J. M. da F. Tonin e R. D. Colauto, “Relação entre Income Smoothing e Ratings em Companhias Brasileiras de Capital Aberto”, Contab. Vista & Rev., vol. 26, nº 1, p. 104-122, maio 2015.