GESTÃO DO FLUXO DE PACIENTES EM INTERNAÇÕES RELACIONADAS AO PRONTO-SOCORRO: APLICAÇÃO DA METODOLOGIA KANBAN

Paulo Renato de Sousa, Marinês da Silva Muricy, Erika Pimentel Simeão, Edvaldo Silva Lima, Bruna Catão Braga

Resumo


Este estudo tem por objetivo descrever a implementação da Metodologia Kanban, associada ao protocolo de Acolhimento com Classificação de Risco de Pacientes (ACCR), como ferramenta de gestão de leitos e gestão do fluxo de pacientes na Unidade de Cuidados Especiais (UCE) do pronto-socorro (PS) do Hospital Santa Marta, localizado no Distrito Federal. A implementação do Kanban propõe a classificação de risco dos pacientes que recorrem ao pronto-socorro utilizando cores e objetiva reduzir o tempo de espera, as filas e o tempo de internação desses pacientes. Teorias e literatura especializadas foram utilizadas de modo a enriquecer a base da pesquisa.


Palavras-chave


Kanban. Acolhimento com Classificação de Risco de Pacientes (ACCR). Gestão clínico-hospitalar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21450/rahis.v14i1.3239

Site melhor visualizado com o navegador Mozilla Firefox.