CANNABIS SATIVA: ASPECTOS RELACIONADOS AO CONSUMO DE MACONHA NO CONTEXTO BRASILEIRO

Jefferson Rodrigues Pereira, Caíssa Veloso e Sousa, Helena Belintani Shigaki, José Edson Lara

Resumo


Atualmente, a Cannabis Sativa é a terceira substância mais utilizada em todo o mundo, ficando atrás apenas do álcool e do cigarro. Mediante a este cenário, o presente estudo tem como objetivo identificar quais são os principais aspectos relacionados ao uso da cannabis sativa, segundo a percepção de usuários e não usuários declarados. Para tanto, realizou-se uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa, por meio de uma survey aplicada em 499 indivíduos brasileiros. Os dados foram analisados por meio da Análise Fatorial Exploratória. A partir dos resultados alcançados neste estudo tornou-se possível questionar até que ponto a responsabilidade pelo abuso de substâncias proibidas, não apenas a cannabis sativa, mas outras que podem se classificar como psicoativas, é prioritariamente de cunho dos governos. A partir do presente artigo pode-se refletir acerca do papel da sociedade para a inclusão de determinados grupos que são mais vulneráveis a associação com a substância.


Palavras-chave


Cannabis Sativa; Marketing Social; Políticas Públicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21450/rahis.v15i1.4573

Licença Creative Commons Todo o conteúdo deste periódico, salvo indicação em contrário, está licenciado sob a Creative Commons Attribution License.

Site melhor visualizado com o navegador Mozilla Firefox.