Análise do setor audiovisual do sul do Brasil sob a perspectiva da inovação

Eduardo Luiz Cardoso, Cleber Cristiano Prodanov, Eric Charles Henri Dorion, Cristine Hermann Nodari, Cassiane Chais

Resumo


Esta pesquisa objetivou identifi car o modelo atual da produção do setor audiovisual, considerando as atividades de TV, vídeo e cinema, no estado do Rio Grande do Sul, aplicando o modelo da Hélice Tripla, em função dos declínios de investimentos públicos e privados, que deslocaram o estado para 11ª posição no setor na indústria criativa. Com abordagem qualitativa, o estudo exploratório utilizou entrevistas em profundidade com roteiro semiestruturado aplicado a atores do setor da produção do audiovisual entre as esferas da indústria, governo e universidade, sob a perspectiva da inovação. Os resultados fi nais indicaram que o setor audiovisual, no estado do Rio Grande do Sul, não pode ser considerado um sistema de inovação, mas seu modelo de setor se encontra em processo de evolução, partindo de uma combinação de modelos anteriores, parte estadista e parte laissez-faire se direcionando ao modelo da teoria da Hélice Tripla. Apontam-se, oportunidades de trabalhos futuros.


Palavras-chave


inovação; hélice tripla; setor audiovisual.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Nova Economia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Patrocínio:

BDMG

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.