ANÁLISE ARQUEOLÓGICA DAS ESTRATÉGIAS UTILIZADAS POR HOMOSSEXUAIS NO TRABALHO BANCÁRIO

Eloísio Moulin de Souza, Mônica de Fátima Bianco, Priscilla de Oliveira Martins da Silva

Resumo


O artigo objetiva analisar as estratégias utilizadas por trabalhadores bancários homossexuais contra eventuais atos discriminatórios e preconceituosos no local de trabalho.  Para o alcance do objetivo proposto foi realizada uma pesquisa qualitativa em que foram entrevistados trabalhadores do setor bancário público federal. De acordo com os resultados encontrados pode-se afirmar que cinco estratégias são utilizadas pelos entrevistados: (1) encobrir a homoafetividade; (2) manter o direito de exercício da sexualidade; (3) aumentar a aceitação do grupo adotando condutas que não provoquem conflitos em relação aos valores sociais existentes no ambiente trabalho; (4) aumentar a aceitação no grupo pela via afetiva, ou seja, pela criação de laços de amizade; (5) aumentar a aceitação no grupo pela via da conduta de alta performance no trabalho (competência). As estratégias utilizadas podem ser categorizadas como: a estratégia de assumir a homossexualidade independentemente das consequências, estratégias de encobrimento e estratégias de mediação. 


Palavras-chave


Estratégias; Homossexuais; Trabalho; Bancários; Sexualidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, G. Dimensões da Reestruturação Produtiva: ensaios de sociologia do trabalho. 2ª ed. Londrina: Praxis; Bauru: Canal 6, 2007.

ALVES, M. A.; GOMES, M. V. P.; SOUZA, C.M.L. Análise do discurso no Brasil: será ela crítica? Em: EnANPAD, 30, 2006, Salvador. Trabalhos apresentados. Salvador, 2006.

BADGETT, M.V.L. The wage effects of sexual orientation discrimination. Industrial and Labor Relations Review, 48 (4), 726-739, 1995.

BARDIN, L.L. Analyse de Contenu. Paris: Presses Universitaries de France, 1977.

BUTTON, S.B. Organizational efforts to affirm sexual diversity: a cross-level examination. Journal of Applied Psychology. 86 (1), 17-28, 2001.

CAIN, R. Stigma management and gay identity development. Social Work, 36, 67-73, 1991.

CARRIERI, A.P.; SILVA, A.R.L.; SOUZA, P.A.G. Os discursos ambientais nas organizações: o caso de uma empresa de telefonia. Em: EnANPAD, 29, 2005, Brasília. Trabalhos apresentados. Brasília, 2005a.

CAVEDON, N.R. Os saberes produzidos no cotidiano. In: CAVEDON, N.R. (Org.). Representações sociais na área de gestão em saúde. Porto Alegre: Dacasa, 2005.

COSTA, J.F. A face e o verso: estudos sobre o homoerotismo II. São Paulo: Editora Escuta, 1995.

DAVEL, E.; VERGARA, S.C. Gestão com pessoas, subjetividade e objetividade nas organizações. Em: DAVEL, E.; VERGARA, S.C. Gestão com pessoas e subjetividade. São Paulo: Atlas, 2001.

ECCEL, C.S.; FLORES-PEREIRA, M.T. A inserção da “diversidade” homossexual em uma livraria de shopping Center: um estudo crítico. In: EnANPAD, 32, 2008, Rio de Janeiro. Trabalhos apresentados. Rio de Janeiro, 2008.

FERREIRA, R.C.; SIQUEIRA, M.V.S. O gay no ambiente de trabalho: análise dos efeitos de ser gay nas organizações contemporâneas. In: EnNANPAD, 31, 2007, Rio de Janeiro. Trabalhos apresentados. Rio de Janeiro, 2007.

FLICK, U. Uma introdução a pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Bookman, 2004.

FOUCAULT, M. A arqueologia do saber. 4 ed. Rio de Janeiro: Forense, 1995.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT, M. Entrevista com Michel Foucault, por Sérgio P. Rouanet e J. G. Merquior. In: M. Foucault; S. P. Rouanet; J. G. Merquior; D. Lecourt; C. H. Escobar. O homem e o discurso: a arqueologia de Michel Foucault. Rio de Janeiro: Edições Tempo Brasileiro, 1996.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso. São Paulo: Edições Loyola, 2003.

FOUCAULT, M. Ética, sexualidade, política. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2004.

FRANKE, R.; LEARY, M.R. Disclosure of sexual orientation by lesbians and gay men: a comparison of private and public processes. Journal of social and clinical Psychology, 10, p. 262-269, 1991.

GILL, R. Análise do discurso. In: BAUER, M.W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002.

GREENHAUS, J.H.; PARASURAMAN, S.; WORMLEY, W.M. (1990). Effects of race on organizational experiences, job performance evaluations, and career outcomes. Academy Of Management Journal, 33, 64-86, 1990.

GUIMARÃES, A.S.A. Racismo e anti-racismo no Brasil. São Paulo: Ed. 34, 1999.

HEBL, M.R.; FOSTER, J.B.; MANNIX, L.M.; DOVIDIO, J.F. Formal and interpersonal discrimination: a field study of bias toward homosexual applicants. Society for Personality and Social Psychology, 28, 815-825, 2002.

HEBL, M.R.; GRIFFITH, K.H. The disclosure dilemma for gay men and lesbians: “coming out” at work. Journal of Applied Psychology, 87(6), 1191-1199, 2002.

HEREK, G.M. Stigma, prejudice, and violence against lesbians and gay men. In: GONSIOREK, J.C.; WEINRICH, J.D. Homosexuality: research implications for public policy (pp. 60-80). Newbury Park, California: Sage, 1991.

HEREK, G.M. Psychological perspective on lesbian and gay issues: stigma and sexual orientation. California: Sage, 1998.

IRIGARAY, H.A.R. Estratégia de sobrevivência dos gays no ambiente de trabalho. Em: EnANPAD, 31, 2007, Rio de Janeiro. Trabalhos apresentados. Rio de Janeiro, 2007b.

IRIGARAY, H.A.R. Políticas de diversidade nas organizações: uma questão de discurso? Em: EnANPAD, 31, 2007, Rio de Janeiro. Trabalhos apresentados. Rio de Janeiro, 2007a.

IRIGARAY, H.A.R.; FREITAS, M.E. Gays e Relações de Trabalho: análise sob a ótica da Queer Theory. Em: EnGPR, II, 2009, Curitiba. Trabalhos apresentados. Curitiba, 2009.

ISCHIKAWA, E.Y.; ICHIKAWA, L.M. O sujeito moderno sob o olhar “pós-moderno”: as contribuições da análise de discurso produzida no contexto francês para os estudos organizacionais. Em: ENANPAD, 30, 2006, Salvador. Trabalhos apresentados. Salvador, 2006.

JODELET, D. Os processos psicossociais da exclusão. In Bader, S. As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. 5ª Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artes; Belo Horizonte: UFMG, 1999.

LÜDKE, M. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MEDEIROS, M. O trabalhador homossexual: o direito a identidade sexual e a não-discriminação no trabalho. In: POCAHY, F. Rompendo o silêncio: homofobia e heterossexismo na sociedade contemporânea. Políticas, teoria e atuação. Porto Alegre: NUANCES, 2007.

MICHENER, H.A.; DELAMATER, J.D.; MYERS, D.J. Psicologia Social. São Paulo: Pioneira Thompson, 2005.

MINAYO, M.C.S.; Deslandes, S. F.; Cruz Neto, O.; Gomes, R. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1994.

NARDI, H.C. Ética, trabalho e subjetividade: trajetória de vida no contexto das transformações do capitalismo contemporâneo. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2006.

NARDI, H.C. Nas tramas do humano: quando a sexualidade interdita o trabalho. In: Pocahy, F. Rompendo o silêncio: homofobia e heterossexismo na sociedade contemporânea. Políticas, teoria e atuação. Porto Alegre: NUANCES, 2007.

NARVAZ. M.G.; NARDI, H.C.; MORALES, B. Nas tramas do discurso: a abordagem discursiva de Michel Pêcheux e de Michel Foucault. Revista Psicologia Política, v. 06, n.12, 2006.

RAGINS, B.R.; CORNWELL, J.M. Pink triangles: antecedents and consequences of perceived workplace discrimination against gay and lesbian employees. Journal of Applied Psychology, 86 (6), 1244-1261, 2001.

RIOS, R.R. O conceito de homofobia na perspectiva dos direitos humanos e no contexto dos estudos sobre preconceito e discriminação. In: POCAHY, F. Rompendo o silêncio: homofobia e heterossexismo na sociedade contemporânea. Políticas, teoria e atuação. Porto Alegre: NUANCES, 2007.

RUAS, R.; GHEDINE, T.; DUTRA, J.S.; BECKER, G.V; DIAS, G.B. O conceito de competência de A à Z: análise e revisão nas principais publicações nacionais entre 2000 e 2004. In: EnANPAD, 29, 2005, Brasília, Trabalhos Apresentados. Brasília, 2005.

SIQUEIRA, M.V.S.; FERREIRA, R.C.; ZAULI-FELLOWS, A. Gays no Ambiente de Trabalho: uma Agenda de Pesquisa. In: XXX EnANPAD, 2006, Salvador. Trabalhos Apresentados. Salvador, 2006.

SOUZA, E. M.; GARCIA, A. Sexualidade e Trabalho: Estudo sobre a Discriminação de Homossexuais Masculinos no Setor Bancário. RAP, v. 44, n. 6, p. 1353-1377, nov/dez, 2010.

SOUZA, E. M.; PEREIRA, S. J. N. As Categorias Identitárias que (Re)Produzem Discriminações: Estudo da Discriminação Exercida por Gays. Em: EnANPAD, 34, 2010, Rio de Janeiro. Trabalhos Apresentados. Rio de Janeiro, 2010.

SOUZA, E.M.; BIANCO, M.F.; GARCIA, A. Pesquisa pós-moderna: a fragmentação e o devir no campo organizacional Em: EnANPAD, 30, 2006, Salvador. Trabalhos apresentados. Salvador, 2006.

TZU, S. A arte da guerra. Porto Alegre: LM&P, 2000.

WEBER, M. Economia e Sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Brasília: Editora Universidade de Brasília. v. 2, 1999.

WOODS, J. D. The corporate closet: the professional lives of gay men in America. New York: The Free Press, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.25113/farol.v3i6.2520

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Classificação de Periódicos Qualis/CAPES (2013-2016)

 

Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo – B4
Biotecnologia – C
Ciências Ambientais – B4
Comunicação e Informação – B5
Educação – C
Engenharias III – B5
Geografia – B4
Interdisciplinar – B4
Planejamento Urbano e Regional / Demografia – B4
Psicologia – B3
Sociologia – B5


ISSN 2358-6311

 

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 Internacional