A DIFUSÃO DAS MUDANÇAS NA CONTABILIDADE PÚBLICA EM MUNICÍPIOS

Gislaine Aparecida Santana Sediyama, André Carlos Busanelli de Aquino, Gabriela Brandão Lopes

Resumo


O artigo trata do efeito de rede na difusão de mudanças compulsórias na
gestão financeira de municípios com fraca conexão com o centro emissor
da reforma. A partir de uma abordagem institucional, o artigo analisa o caso
da primeira fase da reforma da contabilidade no setor público, que inclui a
adoção compulsória de um plano de contas contábeis e de relatórios
padronizados para toda federação. O estudo de campo observou 8
prefeituras na Zona da Mata em Minas Gerais. Foram realizadas entrevistas
com contadores, secretários de finanças e fornecedores de softwares de
contabilidade. As evidências indicam que as empresas de software de
contabilidade são os principais canais de difusão da reforma em questão. Os
contadores das prefeituras assumem uma posição passiva e delegam a
responsabilidade pelo processo de adoção. São discutidas as implicações e
uma nova direção dos estudos de implementação de reformas similares no
Brasil.

Palavras-chave


Municípios, Mudança da Contabilidade, Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Difusão, Redes.

Texto completo:

PDF